Avelino Rego: “A seca e os incêndios destruíram pastos”

Os incêndios e a seca destruíram a área de pasto em Alvadia, no concelho de Ribeira de Pena (próximo de Gouvães da Serra, no Alvão), causando graves problemas aos criadores de cabra bravia e vaca maronesa que estão já a gastar as reservas de alimento do inverno.

Por estas encostas e lameiros da serra do Alvão, espalham-se duas mil cabras bravias e cerca de 300 vacas maronesas, duas raças autóctones que são “o motor económico” da freguesia de Alvadia, mas também de todo o território do Alvão, que engloba ainda parte do concelho de Vila Pouca de Aguiar e de Vila Real. Avelino Rego, de 33 anos, é presidente do Conselho Direito dos Baldios de Alvadia e uma das principais vozes do setor.  Sustentou que a situação “está a ser difícil” e lembrou que, em 2016, arderam 700 hectares no baldio e, em outubro deste ano, mais de mil hectares. Ouça a reportagem da RCA no podcast.

Reportagem: Filipe Ribeiro

Edição: Luís Miguel Roçadas e Filipe Carneiro