Seminário discutiu tema do Turismo Acessível em Vidago e Pedras Salgadas

Nos dias 20 e 21 de junho, as vilas termais de Vidago e Pedras Salgadas acolheram, pela primeira vez, um seminário dedicado ao tema “Turismo para Todos”, à escala do Alto Tâmega, organizado pela EHATB – Empreendimentos Hidroelétricos do Alto Tâmega e Barroso.

Bastante participado, em ambos os dias, e com um painel de oradores de relevo, o evento criou intensos momentos de “networking”, com partilha de boas práticas e o estabelecimento de parcerias estratégicas, tanto durante as apresentações como nos momentos de pausa para café ou almoço. Inscreveram-se no seminário cerca de 130 pessoas.

Além das entidades, públicas e privadas, da região do Alto Tâmega, houve participantes inscritos de toda a região Norte (Vila Real, Bragança, Mondim de Basto, Grande Porto, Arcos de Valdevez, Resende) e Centro (Batalha, Coimbra, Lisboa).

Os moderadores e oradores dos sete painéis temáticos, 40 académicos/ profissionais com currículos de destaque, tiveram a seu cargo a tarefa de apresentar exemplos de boas práticas e recomendações para o desenvolvimento do Turismo Acessível, partindo de uma escala global para a realidade local, com o foco dirigido, no primeiro dia, para o Termalismo, e no segundo para o Turismo de Natureza e Bem-Estar.

O seminário contou com o lançamento de alguns projetos inéditos, como a recém aprovada Estratégia de Acessibilidade no Caminho de Santiago, apresentada por Rafael Sánchez Bargiela, em nome da Fundação Xacobeo, o empreendimento turístico Vidago Valley Sensory Hotel (ainda em fase de licenciamento), apresentado pela FIAR Arquitetos e pelo empreendedor Anísio Saraiva, ou o projeto «My Portugal for All – Travel Care», defendido por Raquel Fernandes.