Criação de corredores coloridos pelo concelho de Vila Pouca de Aguiar

A criação de Corredores Coloridos inclui pérgulas, canteiros e jardins em espaço urbano. Para tal, haverá novos espaços florais e os existentes serão revigorados.
Através de uma pequena equipa de recursos humanos, a autarquia está a produzir milhares de plantas que se destinam a dar cor e asseio ao espaço público.

Os viveiros no lugar de Mariais, Vila Pouca de Aguiar, contemplam uma área de cerca de 2.500 m2 (em céu aberto e estufa).
O método de produção integra a recolha anual de sementes das plantas dos jardins que serão utilizadas em estufa para as sementeiras de primavera e é ainda produzida uma enorme quantidade de planta em modo estacaria. Assim, há uma forte redução na aquisição de plantas levando à poupança de milhares de euros.

O importante, releva António Vasconcelos, vereador do ambiente, é que «com dedicação e empenho conseguimos fazer mais gastando menos». No local, verificámos que Eduardo Ferreira e Aníbal Coelho têm realizado um trabalho que é gratificante e que deverá ser reforçado.

Entre as espécies mais abundantes que são utilizadas para plantação nos espaços verdes do concelho encontrámos roseiras, cravos, hortensis, alecrim, rosmaninho, lavandula, hipericão, e outras. Atualmente, há cerca de três mil plantas.

Nos tabuleiros de germinação, as sementeiras para produção de plantas resultarão aproximadamente em oito mil flores das épocas primavera e verão.
Colocadas nos diversos espaços verdes, é importante que os cidadãos contemplem as flores (sem as arrancar) que embelezam os espaços onde vivemos.